terça-feira, 5 de novembro de 2013

Na espuma dos nossos dias,

Na Ópera dos 3 vinténs, Bertolt Brecht “fala” que primeiro está a “comida e depois a moral”.

Nos tempos actuais, em tudo semelhante a essa época de escassez de valores morais e sobretudo éticos, apresenta-se-nos uma encruzilhada:

-ou sacudimos quem não serve, ou sacode-nos a terra.
E não servimos para nada.

Não há salvadores. Só vendilhões do templo. E mother focas.

E até há quem nem nos queira sequer a comer. Gostava de ser descendente do Obelix, e, enquanto devorasse 2 javalis, sacudia uma classe de centuriões, representantes do Império.

Juntei 2 pensamentos brilhantes, um de um moçambicano Sérgio Santimano e de português. Separados por 11 mil km, a viverem situações como a que eu intitularia a Ópera de muitos malandros, verbalizam o que penso sobre a espuma dos nossos dias e das sociedades globais,


ATENCÃO;
"Se a crise global continuar, para o fim do ano somente dois bancos ficarão operacionais: o Banco de Sangue e o Banco de Esperma!

Mais tarde estes 2 bancos serão fundidos, internacionalizados e passará a ser chamado: "The Bloody Fucking Bank""

 

Também queria contribuir para a reforma do estado. E este senhor que desconheço deu-me o mote, 

Sorria!
"Má notícia: Os nossos políticos apanharam febre aftosa. Boa notícia: Vai ser preciso abater toda a manada!"
 
Antes que os mother focas comam o mexilhão.