segunda-feira, 13 de abril de 2015

"La muerte es aburrida" Eduardo Galeano . Morreu Eduardo Galeano

"La muerte es aburrida" Eduardo Galeano
A morte é muito estúpida!
Eu tenho um herói: Eduardo Galleano.
Deixou-nos e eu fiquei sem o meu herói. 
Vou sempre ter um herói. O herói que me inspira há anos. Que me faz delirar. Encantar,Entusiasmar. Esperança. A vitamina E.
Fez-me apaixonar por tantas vitaminas entre elas, a sua poesia, a sua utopia.
Fez-me sonhar as suas utopias.
No meu blog uso uma frase dele desde a sua criação. Ficará para sempre.
Hoje as suas partículas desintegraram-se do corpo físico.
Estão noutro universo. Sorriem.
Não deixará de fazer política, de sonhar, de utopizar a vida dos homens.
De poemar o "canalha" do mundo.
Porque eu o tenho dentro de mim.
Porque ele nos deixou tudo isso.
O mundo perde uma das suas gotas mais importantes.
E hoje já não o tenho.
Mas nada me fará esquecê-lo.
Perdi o meu herói.
Vou continuar a seguir os seus passos.
Para onde me levarem.
E nunca nunca o deixarei morrer.
Até sempre, meu poeta, meu escritor, meu professor
meu herói
Eduardo Galeano